02 março 2016

[Resenha] O Desafio de Ferro - Por Cassandra Clare & Holly Black


Título: O Desafio de Ferro
[ O Desafio de Ferro #1 ]
Autor (a): Cassandra Clare & Holly Black
Páginas: 384
Editora: Novo Conceito
Skoob || Encontre
4 ESTRELAS
Sinopse: Amigos e Inimigos. Perigo e Magia. Morte e Vida.

A maioria dos garotos faria qualquer coisa para passar no Desafio de Ferro.
Callum Hunt não é um deles. Ele quer falhar.
Se for aprovado no Desafio de Ferro e admitido no Magisterium, ele tem certeza de que isso só irá lhe trazer coisas ruins. Assim, ele se esforça ao máximo para fazer o seu pior... mas falha em seu plano de falhar.
Agora, o Magisterium espera por ele, um lugar ao mesmo tempo incrível e sinistro, com laços sombrios que unem o passado de Call e um caminho tortuoso até o seu futuro.


Callum Hunt é um  garoto de doze anos que está preste a passar pelo Desafio de Ferro. Uma prova que seleciona jovens com potencial em magia para estudarem na escola de magia Magisterium, onde aprenderão com os melhores a serem magos. Call não é o garoto mais popular da escola ou da vizinhança, pelo contrario, ele é conhecido como louco e por alguns rebelde, ele possui um deficiência em sua perna e sempre tenta coisas malucas que poem sua vida em risco. A última coisa que Call quer, é passar pelo desafio. Ele abomina magia assim como seu pai, com quem aprendeu todo o mal que ela trás. 

“Várias crianças acham que isso tem a ver com serem especiais”, o pai de Call havia dito. A repulsa na voz dele era evidente. “Os pais delas também acham a mesma coisa. Em especial nas famílias onde a habilidade mágica data de gerações. Em algumas famílias onde a magia foi praticamente extinta, ter uma criança mágica é uma esperança de que esse poder possa retornar. Porém, são as crianças sem familiares com poderes mágicos as que mais merecem nossa compaixão. São elas as que pensam que tudo será como nos filmes.
Capitulo 01

Call fará de tudo para falhar miseravelmente no teste, deixando claro aos magos que ele não pertence ao Magisterium, mas algo da errado. Apesar de ter falhado em todos os teste ele acaba selecionado. Por mais que não queira, ele se vê obrigado a ir ao Magisterium, terá que ficar um ano pelo menos e depois renunciar permanentemente á magia. O problema é que ele descobre que a magia não é ruim como imaginava, pelo contrario, ela pode ser divertida e exitante. Suas convicções começam a falhar e descobertas do seu passado fazem duvidar do que aprendeu com seu pai sobre magia.

Sou apaixonada por tudo que a Cassandra Clare escreve, porém fiquei bastante preocupada com essa estória, a premissa lembra muito Harry Potter, e vários livros tentam recriar a essência mas nenhum foi bem sucedido. Cassandra Clare e Holly Black criaram algo totalmente novo e único.

O livro é narrado em terceira pessoa, já característico pela autora Cassandra, no qual faz com maestria. Não faço a menor ideia como foi feita essa parceria de escrita, mas não percebemos qual autora escreveu o que, tudo se mantem constante. Call é um garoto de doze anos, e como tal é influenciável, nesse caso pelo seu pai. Vemos claramente que tudo o que ele faz é baseado na aprovação do pai, mas ao entrar no Magisterium isso é posto em cheque. Vemos um garoto relutante que aos poucos se entrega. Tudo para ele é novo ou remete medo, o processo evolutivo do personagem é notável. Um garoto no começo e outro no fim.


Os personagens secundários são muito bem construídos, Aaron e Tamara são seus amigos na escola. Aaron um garoto misterioso que apresenta uma habilidade única entre os magos, dominar o caos. Tamara é uma menina arrogante que no começo acha Call um peso morto, ela tem que ser a melhor em tudo . Rufus é o mentor do trio, e também o melhor mago existente, ele enxerga em Call algo que nem o menino vê.

Todos os elementos atuam de acordo com a natureza: o Fogo quer queimar, a Água quer fluir, o Ar quer se erguer, o Caos quer devorar.
Captilo 07

O Magisterium para mim foi a melhor parte. Tive aquela nostalgia de estar nos corredores de Hogwarts, mas em nada se parecem. A escola fica em minas subterrâneas com diversas passagens e ambientes, as descrições dos cenários são ricos em detalhes, o local é magico e eles utilizam para tirar seu poder.

— Vocês estão prestes a entrar nos corredores do Magisterium. Para alguns, será a realização de um sonho. Para outros, esperamos que seja o início de um. Para todos, digo que o Magisterium existe para sua própria segurança. Vocês possuem um grande poder, e, sem treinamento, esse poder é perigoso. Aqui, nós os ensinaremos a controlá-lo e também os instruiremos sobre as histórias de magos como vocês que datam desde o passado mais remoto. Cada um de vocês possui um destino único, diferente do caminho convencional que trilhariam longe daqui, um destino que encontrarão do outro lado destas paredes. Vocês já devem ter percebido isso quando vislumbraram os primeiros traços de seus poderes. Porém, enquanto estão aqui, diante desta montanha, imagino que pelo menos alguns de vocês devam estar pensando onde foi que se meteram.
Capitulo 05


Como em todo livro de aventura juvenil, tem um vilão. O Inimigo da Morte foi um mistério, ouve-se falar dele ao decorrer do livro mas nada concreto, os meninos tentam descobrir quem é com poucas pistas. Com uma reviravolta única, o final nos deixa muito curiosos para ler a continuação. Em nenhum momento imaginei o desfecho, só quero ver o que as autoras irão fazer com esse desenrolar.


A diagramação do livro está impecável. Possuem letras grandes e paginas amarelas sendo fácil a leitura. O livro possui ilustrações em todo começo de capitulo. É muito legal o cuidado que a editora tem em manter as ilustrações originais. O livro foi publicado pela Novo Conceito com o selo #irado, mas no ano passado o Grupo Editorial Record comprou os direitos da série. Fiquei bem triste com isso, pois o trabalho da NV esta incrível e temia que não fosse mantido o padrão, mas já conferir o segundo volume do serie e foi mantido sim.


O livro é recheado e mistérios e aventuras que nos envolve do começo ao fim, e para aqueles que são fã das autoras vão adorar conferir a obra, sem aquele receio, que como eu, de ser parecido com Harry Potter.

34 comentários:

  1. Demais o cara ser tão bom a ponto de querer falhar e não conseguir hahahah
    Enfim, eu nunca li nada desses autores (na verdade, eu nunca li nenhum livro em conjunto), nem ao menos conhecia, mas me interessei bastante. Admito que não estou na época de leituras do tipo, mas só o fato de lembrar HP já me anima, rs.

    Abraço!
    Mago e Vidro

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei bastante desse livro quando li, principalmente por ser da Cassandra Clare também. Adoro livros que misturam mistérios e muitas aventuras. Já li a continuação também, e é igualmente incrível. Beijos, Fê

    ResponderExcluir
  3. Estou louca para ler esse livro. Ainda não terminei de ler a coleção dos Instrumentos Mortais, mas estou adorando.
    Realmente também me dá um medo de tentar imitar Harry Potter. Mas você disse que de nada tem, então fico mais tranquila.
    Estou bem ansiosa para ler.
    Bjss

    www.umolhardeestrangeiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei a premissa do livro! Tendo o tema "magia" é comigo mesmo. Sendo da Cassandra... não tem como ser ruim!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  5. Oi, Stefani.
    Eu tenho esse livro na minha estante, mas ainda não tive oportunidade de ler. Vejo que eu vou gostar, visto que se trata de aventura juvenil com um toque de magia. Eu amei a premissa do livro e espero gostar assim como você gostou.
    Amei a resenha, super bem construída e objetiva.
    Beijos!
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, faz tempo que eu quero ler alguma coisa da Cassandra. Esse livro eu ainda não conhecia e mesmo você tendo gostado tanto dele, eu não me interessei. A sua resenha está boa, mostrando todos os pontos do livro mas mesmo assim eu não consegui me sentir atraída para iniciar a leitura

    ResponderExcluir
  7. Olá, Stéfani!
    É a primeira vez que entro em seu blog e é realmente lindo, parabéns!
    Adorei a capa do livro, você soube explorar bem as fotos, adorei! Mas fantasia realmente não é um gênero que me atrai. Ainda mais envolvendo magia!
    Ainda não conhecia a autora e vou indicá-la às minhas amigas que curtem esse tipo de livro.
    Abraço!

    Karla Samira
    http://www.pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?

    Apesar de ser juvenil, curti muito a premissa do livro e a capa também. Suas palavras aguçaram o meu interesse em conhecer a obra. Adoro esse universo de magias e afins.

    Beijos,
    Dai | www.cheirodelivronacional.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ola Ste eu tenho esse livro preciso começar a ler logo, amo a escrita da Cassandra, o fato de escrever com a Holly me deixou com pé atrás mas li muitos elogios a série, pelo visto ambas tem muita sintonia na escrita, amei essa semelhança com HP, que amo. ótima resenha. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Flor.
    Não curto fantasia, mas gostei de ver a sua empolgação na resenha.
    Ainda bem que o livro não decepcionou e que a construção foi capaz de prender o leitor. Como não li nada da Cassandra não consigo entender seu receio, mas sei como é se sentir assim por causa de um autor.
    A diagramação está perfeita mesmo. Adoro livros assim.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  11. Tenho um bloqueio com as duas autoras deste livro/série. Li um livro de cada autora e não gostei, por isso, quando começou a divulgação desta serie, nem dei atenção. Curti as suas considerações sobre o livro e as fotos do seu post estão ótimas. Mas realmente, é um livro que não me empolga em conhecer!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá Stéfani,
    Sempre que ouço falar desse livro, leio sobre a probabilidade de similaridade com HP, confesso que isso é um dos fatores que me distanciam da leitura. O outro fator que me afasta dela é a minha relação com as orbas da Cassandra. Eu gostei muito dos três primeiros volumes de Instrumentos Mortais e depois vi a série declinar :(
    Voltando ao livro, acho que ele é mesmo recheado de ação e fico feliz em saber que não é possível notar qual parte foi escrita por quem, mas não sei se leria.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Stéfani! Olha, esse tipo de fantasia não é muuuuito a minha praia, mas eu adorei essa capa! E o fato dos meninos serem tão novinhos pra passar pelo tal desafio eu também achei bem bacana e meio louco rsrs, assim como deve ser interessante de ver esse conflito que Call vive em não querer passar no desafio por pensar uma coisa da magia e depois descobrir que no fim não era tudo aquilo.
    Pra quem curte esse lance de magia o livro parece ser um prato cheio. :)
    Um bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Stéfani,
    Realmente muitos autores parecem tentar recriar de um modo diferente o trio de bruxos mais adorado no mundo, creio eu. E por mais que tentem e agradem algumas vezes, eles são insubstituíveis. Tenho esse livro para ler, mas ainda não tive tempo. No entanto com a sua resenha fiquei bem curiosa para saber sobre essa escola de magia. Obrigada pela bela resenha e por me deixar com vontade de sair correndo ler o livro.

    Boas leituras.
    Beijos
    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Stéfani.
    Tem um tempo que estou querendo ler este livro, ainda mais saber que a história contém uma escola fica em minas subterrâneas. Ler esse detalhe em sua resenha despertou um interesse maior pela trama. Espero conseguir ler ele logo.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Amiga quando esse livro foi lançado estava bastante curiosa em fazer a leitura e a Novo Conceito mandou para todos os parceiros fazerem a leitura, mas acabei nem fazendo até então, pois estava com receio de não gostar, de ser de terror essas coisas sabe? Mas pelo jeito é uma boa fantasia que te prende e que te envolve até o fim né? Espero poder gostar bastante da leitura, porque fiquei absolutamente curiosa depois que li sua resenha e provavelmente irei curtir, porque estou precisando de mais livros de fantasias. Cansei de romance hahaahhaah

    Mas mesmo assim vou ver se leio depois que voltar da minha viagem.
    Acho que vai ser um dos que vou colocar na minha meta do ano com toda certeza xD


    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resenha-paixao-de-primavera.html

    ResponderExcluir
  17. Olá !!! O livro parece ter te conquistado,tanto pela narrativa quanto pelos livros que ela te fez recordar. Eu até gosto de literatura juvenil,mas não são todos que leio,adoro a Cassandra Clare mas acabei deixando esse livro passar. Acho que seria uma boa leitura depois de uma ressaca literária ou para mudar um pouco de gênero.

    Dica anotada...

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  18. Apesar de ter o exemplar na estante a um tempo, ainda não li, mesmo com as boas críticas que circula sobre esse primeiro livro da serie Desafio de Ferro, não tive aquela necessidade de lê-lo, talvez por conta disso mesmo que você citou, com receio de ser mais um livro parecido com HP, mas felizmente, é ao contrário, como você mesmo destacou e isso me dá mais animo para lê-lo um dia desses. Uma pena a NC não ter conseguido manter a série, mas tenho certeza que a Record vai dar um ótimo tratamento e fico contente que o padrão estabelecido na obra pela outra editora, continuou no livro dois. Enfim, gostei da sua opinião e espero gostar da leitura, nunca li nada da Cassandra, mas da outra outra já li um livro e curti bastante.

    Da Imaginação à Escrita

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem?
    Ótima resenha, também achei que seria parecido com HP e a sinopse me lembrou um pouco Percy Jackson que são livros infanto juvenil. Ainda bem que é diferente, gosto muito da escrita da Cassandra Clare. Eu quero ler essa série, pretendo comprar esse e o segundo livro. Seguindo o blog e bjão. <3

    http://carpediemliterariobr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Eu não gosto muito desse gênero, acabo não lendo e deixando de lado. Que loucura heim? Os meninos tão novos e já passando por isso tudo.
    Mesmo parecendo ser uma fantasia que prende do começo ao fim, vou deixar passar.
    O que eu gostei foi saber que o livro é cheio de ação e deve ser sensacional.
    beijos

    ResponderExcluir
  21. Oii, tudo bem?
    Na época que o livro foi lançado eu vi inúmeras resenhas desse livro, e quase todas eram positivas, então fiquei bem curiosa, mas o tempo foi passando e eu acabei esquecendo do livro, mas depois da sua resenha a vontade de ler voltou, com certeza vai ser a minha próxima leitura.

    ResponderExcluir
  22. Oi, Stéfani!
    Eu não li e nem sinto vontade alguma de ler Harry Potter, então não acho que me depararia com essa comparação de possíveis semelhanças durante a leitura. Por mais que você tenha ressaltado muito bem os pontos positivos do livro, como sendo único e com bons personagens, mas não acho que leria, de qualquer forma. Gosto de fantasia, mas essa junção de fantasia + colégio, sei lá, não me atrai tanto, rs. Uma pena que tenha mudado de editora, estranhei logo que o segundo saiu pela Galera Record, mas bom saber que o padrão gráfico da série foi mantido, ao menos isso.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional ♥

    ResponderExcluir
  23. Ou Stéfani,
    Adorei a diagramação do livro,bem criativa e chama a atenção. Não tenho como comparar com HP porque nunca li nenhum livro, mas gostei muito desse universo criado com todo esse mistério e o novo olhar do personagem com a própria magia. Ver o personagem se descobrindo e tendo que lidar com o final que não estava preparado, muita ironia, hein.
    Tenho vontade de ler o livro algum dia e conhecer mais sobre esse universo. Gostei muito da sua resenha. Parabéns!

    ResponderExcluir
  24. Sim, o padrão no segundo livro foi mantido, fiquei muito feliz com isso! E gostei dele tanto quanto desse primeiro, espero que você curta. Olha, eu tinha receio de ler O Desafio de Ferro mais por causa das muitas resenhas negativas que li, mas acabei adorando e achei completamente diferente de Harry Potter também. É mesmo notável a evolução do protagonista.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  25. Oiii!

    Eu não li esse livro ainda, e eu tenho muita curiosidade em ler por ser duas autoras que são famosas, e escrevendo juntas, sei que ficou bem legal pois não vi nenhuma critica em relação a isso. É quase impossivel não comparar com HP né? Acho que qualquer fantasia será comparada a obra, o que eu não sei o que achar, mas não deve ser bom para os autores. Não sabia que a record tinha comprado os direitos, e pelo o que a ju falou, manteve o padrão, que bom!
    enfim, ótima resenha e fotos!
    Tô curiosa!

    Beijnhos

    ResponderExcluir
  26. Olá!

    Não conhecia o livro! Mas o que dá juntar numa "taça" Instrumentos Mortais e Crónicas de Spiderwick?? Meus Deus, essas duas autoras juntas deve ser fantástico!

    Ainda bem que gostou! É bom ser diferente de outros livros conhecidos!! :) Realmente, uma tentativa falhada de imitar HP seria muito mau...!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bom?
    Que bom saber que a história não se assemelha a HP! Quando vi esse livro sendo lançado morri de medo de ser uma cópia barata ou coisa do tipo.
    Fico super curiosa de saber como é o processo de escrita de um livro com dois autores, principalmente quando parece que foi uma epssoa só que escreveu. E as duas autoras são ótimas!

    beijos

    ResponderExcluir
  28. Oi, flor.
    Que pena que você viu semelhanças entre HP e essa obra. Eu já tenho esse livro e ainda não o li, mas pretendo conhecer essa aventura e seus personagens. Eu não li HP, então pode ser que a experiência para mim seja ainda mais positiva. Mas fico preocupada se a autora conseguirá se desprender do ícone que J.K Rowling criou... Parece tão difícil surpreender quando o assunto é magia.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. Oi, Stéfani!
    Tenho esse livro na estante desde o lançamento e já li várias resenhas que abaordam o fato de ele se parecer com HP mas ser totalmente diverso, esta questão me estimula a ler mas ultimamente não ando me dando muito bem com livros Infanto Juvenis e tenho deixado de lado para um momento mais propício. Gostei de saber que apesar das semelhanças há algo a mais na obra de Cassie e Holly. E personagens principais e secundários bem desenvolvidos é um ponto bastante positivo. Assim que estiver mais no clima vou ler

    ResponderExcluir
  30. Olá, tudo bom?

    Adorei sua resenha! Vi esse livro no seu lançamento e logo de cara já tinha me chamado a atenção. Assim como você, sempre gostei dos livros da Cassandra e, pelo que você disse, também adorarei esse.

    Os infanto-juvenis são sempre ótimos, ainda mais envolvendo magia. Fico feliz em saber que, apesar da Galera Record ter comprado os direitos da série, tenha mantido o padrão do primeiro livro. O meu TOC agradece .-. hahaha

    Enfim, obrigada pela dica ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Oiee ^^
    Como eu AMO as histórias da Cassandra Clare, esse é um livro que eu tenho muita curiosidade de ler, apesar de não curtir muito histórias fantásticas (mas é a Cassandra, então é exceção...hehe'). Saber que os personagens secundários também foram bem construídos e desenvolvidos me deixou ainda mais animada para ler ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Eu também adoro a Cassandra Clare e concordo com você sobre lembrar Harry Potter, mas... Eu fico pensando agora ninguém mais pode escrever sobre uma escola de magia porque vai lembrar Harry Potter e vão acusar de plágio?
    De qualquer forma, mesmo o enredo me parecendo legal eu não leria, pois gosto de algo mais adulto.

    Blog
    Blog Miih e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  33. Ei, tudo bem?
    Eu adoro a escrita da Holly Black, mas ainda estou receosa se leio ou não esse livro. Gosto do tema e tals, mas vi alguns comentários que me deixaram receosa. Quem sabe mais pra frente eu dê uma chance né.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  34. Olá!

    A capa desse livro me fascina! Acho ela muito bonita, e gostaria de ter na estante. Eu gosto de ler livros infantos juvenis, mas no momento estou correndo de séries, mesmo sendo da Cassandra Clare haha. Eu gosto muito da premissa desse livro, e desde seu lançamento que eu quero ler, mas ainda não surgiu a oportunidade, e por não estar lendo séries terei que adiar mais um pouco essa leitura.
    Eu nunca li nada da Holly Black, e sei de algumas pessoas que amaram.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir