23 setembro 2016

[Resenha] A garota dos olhos azuis - Por Karin Slaughter



Título: A garota dos olhos azuis
[Flores Partidas #0.5]
Autor (a): Karin Slaughter
Páginas: 68
Editora: HarperCollins Brasil
Skoob || Encontre

Sinopse: Uma linda garota caminha pela rua quando, de repente...
Julia Carroll sabe que muitas histórias começam assim. Bonita, inteligente, dezenove anos e recém-chegada à faculdade, ela deve tomar cuidado. Mas, mesmo com todo cuidado, ainda está apavorada, porque várias meninas estão desaparecendo.
Uma colega sua, Beatrice Oliver, desapareceu. Assim como uma moradora de rua chamada Mona-Sem-Nome. As duas sumiram no meio da rua, sem deixar vestígios.
Julia não quer ser a próxima... Sua única saída é descobrir as razões por trás desses mistérios.
A Garota dos Olhos Azuis é um emocionante e inesquecível prequel do best-seller da autora Karin Slaughter, Flores Partidas.


"Julia estava obcecada com o desaparecimento da garota. Dizia a si mesma que era porque queria cobrir a história para o Red & Black, mas a verdade era que ela estava morta de medo por saber que alguém - não qualquer pessoa, mas uma garota de sua idade - podia sair de casa e nunca mais voltar. Julia queria saber os detalhes. Queria conversar com os pais da garota. Queria entrevistar os amigos de Beatrice Oliver, ou uma prima, ou um vizinho, ou colega de trabalho, ou um namorado, ou alguém que pudesse lhe dar uma explicação que não fosse que uma garota de 19 anos com a vida toda pela frente havia simplesmente desaparecido sem deixar rastros."

Julia Carroll era uma moça de 19 anos no ano de 1991. Querendo adquirir independência e começar sua vida longe dos pais, ela passa a morar no campus da universidade, que ficava próximo a casa de sua família. Estudante de jornalismo, era uma pessoa consciente e preocupada com o mundo ao redor, tanto que trabalhava em um abrigo para pessoas pobres nas suas horas vagas. Porém, em março de 1991 havia algo preocupando julia: meninas mais novas ou da sua idade estavam sumindo sem deixar pistas, e ela temia que algo ou alguém muito perigoso estivesse a solta, fazendo diversas vítimas e temia que logo outras meninas desaparecessem como as colegas.

"Julia queria que seus filhos fossem próximos dos filhos de suas irmãs. Queria que eles sentissem a mesma ligação que ela sentia com sua família. A mesma segurança. O mesmo amor. Nada de ruim acontecia com pessoas ligadas a suas famílias. Talvez, esse tivesse sido o problema de Beatrice Oliver. A primeira notícia dava conta de que a garota desaparecida era filha única. Não teria sido diferente se ela tivesse irmãs? Uma irmã não teria ido com Beatrice comprar o sorvete, conversando sobre o que havia acontecido na escola aquele dia? Uma irmã mais nova não teria chorado para poder ir junto?"

Sentindo-se obcecada pelo tema das meninas desaparecidas, a garota tentava se convencer que apenas queria descobrir tudo, como uma jornalista, porém, havia algo mais profundo em tudo isso: Julia estava com muito medo pois todas aquelas garotas eram lindas, novas e com uma vida inteira pela frente, assim como ela, e internamente ela temia se tornar mais uma vítima de desaparecimento.
Como era repórter do jornal universitário, Julia propôs uma matéria a respeito daquilo tudo para chamar a atenção do mundo do que vinha acontecendo, porém seus editores imaginavam serem apenas casos isolados de rebeldia adolescente e meninas que queriam um tempo longe dos pais. Até o dia em que Julia vai há um bar com os amigos e quando está voltando para casa desaparece, sem deixar rastros.

"Julia tinha dezenove anos. Escreveria sua primeira matéria de capa. Ela se formaria como uma das primeiras estudantes da sala em um dos melhores cursos de jornalismo do país. Tinha boa saúde. Tinha bons amigos. Tinha uma família amorosa. Em vez de ser uma adolescente boba cujo coração batia ou não dependendo de como um garoto se sentia (ou pudesse se sentir) em relação a ela, ela precisava agir como uma adulta e analisar os fatos."

Nessa história curta, mais próxima a um conto, acompanhamos um dia na vida de Julia, aquele que seria o do desaparecimento, e sentimos seus medos e seus temores, e embarcamos no suspense que será concluído no livro Flores partidas.

"Essa era a história. Um crime sem nome. Vítimas sem voz."




Quando a editora HarperCollins lançou A garota dos olhos azuis, prequel que antecede o livro Flores partidas, os comentários foram muitos e variados. Variando de pessoas que gostavam muito e ficavam ansiosas para a leitura do próximo livro e pessoas que desanimavam e achavam muito fraquinho. Curiosa que sou, resolvi ler para tirar minhas próprias conclusões e confesso que fui conquistada. É impossível não se sentir curiosa pela continuação, sendo que o livro acaba em um ponto crucial, onde vemos Julia em uma situação complicada e tensa e ficamos imaginando o que virá pela frente.

Ao longo das 68 páginas acompanhamos um dia na vida de Julia, 4 de março de 1991. Vemos seus pensamentos mais íntimos e seu medo extremo de se tornar uma das vítimas e acompanhamos também suas conjecturas a respeito do que vinha acontecendo.
O ponto mais positivo para mim foi o suspense deixado no ar, pois junto com a personagem, criamos teorias e ficamos ansiosos para descobrir o que vem acontecendo. Além disso, é bacana ver o desenvolvimento de personagens como a família de Julia, que mais tarde aparecerá em Flores partidas, e todos estarão bastante mudados, então foi muito interessante observar esse antes e o depois.

Um ponto negativo que pode ser considerado desanimador por alguns leitores é o fato de se passar em um único dia, confesso que eu gostaria de ter acompanhado mais dias na vida de Julia para conhecer sua personalidade mais a fundo, pois acho que isso seria bastante importante mais tarde, na trama de Flores Partidas, e também o fato de o livro trazer bastante informações corriqueiras, como uma discussão da garota com suas irmãs, informações sobre garotos com quem Julia ficava e etc, o que será relevante também no próximo livro.

Como é uma história bem curta, não temos como deduzir muito a respeito dos personagens, e como já mencionado eu gostaria de ter conhecido mais a fundo toda a vida de Julia, assim como foi bacana ver de relance seus pais  e irmãs e acompanhar o que eles eram antes de março de 1991 e o que se tornaram depois.

A garota dos olhos azuis foi um ebook disponibilizado de forma gratuita na Amazon, para que os leitores pudessem acompanhar e se situar na história de Julia, para mais tarde, no livro Flores partidas poderem acompanhar o que efetivamente aconteceu.

Desde já deixo um aviso: caso você seja do grupo dos leitores que não se empolgaram com esse conto, não deixem de dar uma chance para Flores partidas, pois o segundo livro, enquanto suspense é incrivelmente bem construído, conforme detalharei mais na resenha dele que sairá em breve.

Recomendo essa história para quem gosta de suspense e mistério e para aqueles que curtem histórias curtas, que deixam um gosto de quero mais.

26 comentários:

  1. Olá
    Eu não conhecia esse titulo, mad parece ser interessante, especialmente por conta da premissa. Fiquei bem curiosa sobre o desenvolvimento. Adorei poder conferir suas impressões a respeito. Legal saber sobre esse conto e fiquei ainda mais intrigada sobre de passar em um único dia, no meu ponto de vista parece curioso
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá Tamara,
    Ainda não conhecia esse livro e pensei que era mais um livro de romance, doce ilusão. Adorei a ideia do conto, sério. Fiquei bem intrigada para saber o que acontece e espero que esse conto apresente a solução para o enigma. Estou meio que acostumada com livros que se passam num único dia e acho que vou gostar desse. Já anotei a dica.
    Espero a resenha do próximo volume.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Eu já conheço o titulo, mas ainda não parei para ler.Pretendo fazer em breve e assim ler em sequencia os dois livros. Acredito que vou gostar bastante,pois conheço a narrativa da autora e sei o quanto será envolvente.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  5. Oi Tamara.
    Adoro ler as suas resenhas, são sempre bem sinceras e totalmente livre de SPOILER.

    Esse livro parece ter uma escrita bem envolvente. A narrativa instiga o leitor a ler sempre mais um "Capítulo".
    E esse capa é de tirar o fôlego :)

    Espero logo mas encontrar esse livro e ter a oportunidade de ler.

    P.S pena que tem alguns fatos que me desagradou.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  6. Olá, Tamara. Eu não conhecia nenhum dos livros mas adoro um suspense, apesar de não ler nada do tipo há muito tempo. Ultimamente os autores estão focando em gêneros assim e podemos ver várias histórias ótimas e interessantes. Quem sabe eu não leia depois?
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Gostei bastante da premissa, parece um belo suspense com bastante mistério, e fiquei com vontade de conferir o outro livro também, já vou atras do prequel, mas acho que só lerei quando tiver os dois livros.

    ResponderExcluir
  8. Olá, esse livro está no meu kindle para leitura faz um tempinho e sempre deixo pra depois, gostei da resenha, mas gosto de descobrir tudo, a leitura parece rápida né. Vou ler quando estiver a toa.

    ResponderExcluir
  9. Bom, primeiramente, não gosto de histórias curtas, dificilmente me envolvo. Segundo, já sei mais sobre essa história do que você contou porque já li resenhas do Flores partidas e, sinceramente, acho um enredo forte demais pra mim. Pena que não deu para conhecer mais a fundo a vida da Julia, acho que enriqueceria bastante a leitura mesmo. Passo a dica, mas não duvido que seja legal para quem curte leituras do tipo.

    ResponderExcluir
  10. Nossa, que livro diferente.
    Nunca havia visto um livro que se passasse em um único dia. Portanto, nem sei dizer se é meu estilo ou não.
    Mas, fiquei curiosa em relação ao livro, pois gosto de histórias do gênero.
    Parabéns pela resenha!
    Beijos,
    Escritora por um Acaso

    ResponderExcluir
  11. Olá Tamara! Esta é a primeira vez que venho aqui em seu blog e primeiramente quero te parabenizar, pois está lindo. Fiquei super instigada em ler essa breve história, que apesar de curta envolve muito mistérios relacionados ao desaparecimentos de jovens. Assim como o a própria Julia. Tudo muito interessante. Beijos flor e sucesso!!

    ResponderExcluir
  12. O enredo parece ser muito interessante para tão poucas páginas. Já fiquei super interessado na estória tanto no ebook A garota dos olhos azuis quanto no Flores Partidas.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  13. Eu não conhecia o livro Flores PArtidas e já me interessei nele pela sua resenha do ebook de A garota dos olhos azuis. Achei muito interessante e deve ser uma leitura bem intensa. Quero ler os dois.

    ResponderExcluir
  14. Olá.
    Não conhecia esse livro. Parece ser bem interessante e sua resenha tb. Já anotei a dica.
    Bj

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Estou começando a gostar de suspense e a premissa da obra me deixou bem curiosa.
    Acredito que fazendo essa leitura ficarei louca pela continuação (traz logo a resenha rsrs)
    Conhecer um pouco mais dos medos de Julie e o que ela está tentando fazer é bem interessante, ainda mais por ela ser jornalista e querer desvendar o que aconteceu com as garotas, sendo que tem as mesmas características que elas.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Não conhecia esse conto e nem o livro que o sucede mas já estou roendo as unhas de ansiedade pra saber o que aconteceu com a Julia. Adoro suspense e esse parece ser um dos bons, ainda mais por acontecer tanta coisa em um único dia.
    Vou ficar esperando a sua resenha de Flores Partidas ansiosamente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Oii!
    Não conhecia o livro nem a autora, mas a história parece interessante. Um tema como esse promete um bom desenvolvimento, tá anotadinho aqui pras próximas leituras já..!
    Beijos, Isa!
    belacultblog.wordpress.com

    ResponderExcluir
  18. Gosto bastante de suspense, apesar de ser medrosa rs, mas li poucos até hoje. Achei essa história bem interessante e sua resenha me deixou curiosa. A capa tb é muito maneira. Curti.
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  19. Hello! Tudo bem?
    Opa, esse livro A garota dos olhos azuis é novo pra mim.
    Nao vi ele nem na divulgação da Harper...
    Gostei da premissa do conto e achei que a resenha me deixou com vontade de ler e saber sobre o final.
    Acho que ficaria tb querendo saber de mais dias, um é mto pouco.
    Bom que deixa com um gosto de quero mais.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  20. Oii Tamara, tudo bem? Resenha maravilhosa, como sempre. Adorei saber tua opinião sobre esse conto, pois estou com vontade de lê-lo. Adoooro um suspense, e esse parece ser uma introdução muito boa ao Flores Partidas! Louca para desvendar esse mistério. Espero realizar essas leituras em breve. Ansiosa pela próxima resenha!
    Beijoos

    ResponderExcluir
  21. Acho que o fato do conto se passar em um único dia me incomodaria também, mesmo assim me interessei muito na premissa de suspense do livro Flores Partidas, então pode ser que eu leia esse conto, aproveitar que está disponibilizado na Amazon. Quem sabe eu não goste né? Aguardarei a resenha de Flores Partidas!

    ResponderExcluir
  22. Nossa, esse livro parece ser um daqueles que te prende muito! Já quero!
    Muito obrigado pela dica, adoro livros desse tipo!
    www.playmymind.com.br

    ResponderExcluir
  23. Ola...
    Gosto muito do gênero e nao conhecia o livro. Vi a capa nos disponiveis da amazon mas nãao sabia do que se tratava.
    Sua resenha foi esclarecedora e me deixou curiosa

    beijos

    ResponderExcluir
  24. Eu tenho esse ebook, mas não tive tempo de ler. Como gosto desse tipo de premissa e a sinopse me deixou curiosa, realmente lerei! Sua resenha ficou ótima!

    ResponderExcluir
  25. Não conhecia esse livro. Parece ser bem eletrizante, não sei se estou errada! Vou anotar o nome e procurar para ler depois.

    ResponderExcluir
  26. Oi, Tamara. Tudo bem?
    Não poderia começar, senão dizer que adoro livros de suspense. Tenho que confessar que achei a história muito boa e interessante. Adoro desvendar as coisas e fiquei imaginando a minha reação diante de tantos desaparecimentos. Mas acredito que algumas de suas críticas venham do fato de o livro ser bem curto, só 68 páginas. Aí está o motivo pelo não aprofundamento da personagem. Você ficou incomodada com isso e eu ficaria também. Gosto de saber o íntimo das personagens, isso dá uma outra dimensão para o livro. Achei engraçado, pois a história se passa em 1991 e a personagem é jornalista. Eu nasci em 1991 e sou jornalista, acho que isso vai me empolgar mais para ler o livro, sem contar que o enredo é bem interessante. Talvez se a escritora tivesse se aprofundado mais nesse primeiro livro, ele ficaria mais encantador. Fiquei feliz de saber que esse primeiro está disponível grátis, mais um motivo para não deixar de ler. Espero que depois de ler tenho a mesma empolgação que você e não seja uma daqueles pessoas que não gostaram. Bem, achei bem interessante a sua resenha, bem escrita e organizada. Gostei da separação entre resumo e a sua opinião. Até mais.
    Abraço!

    ResponderExcluir