02 novembro 2016

[Resenha] Princesa adormecida - Por Paula Pimenta



Título: Princesa adormecida
Autor (a): Paula Pimenta
Páginas: 192
Editora: Galera record
Skoob || Encontre

Sinopse: Era uma vez uma princesa... Você já deve ter ouvido essa introdução algumas vezes, nas histórias que amava quando criança. Mas essa princesa sou eu. Quer dizer, é assim que eu fiquei conhecida. Só que minha vida não é nada romântica como são os contos de fada. Muito pelo contrário. Reinos distantes? Linhagem real? Sequestro? Uma bruxa vingativa? Para mim isso tudo só existia nos livros. Meu cotidiano era normal. Tá, quase normal. Vivia com meus (superprotetores) tios, era boa aluna, tinha grandes amigas. Até que de uma hora pra outra, tudo mudou. Imagina acordar um dia e descobrir que o mundo que você achava que era real, nada mais é do que um sonho. E se todas as pessoas que você conheceu na vida simplesmente fossem uma invenção e, ao despertar, percebesse que não sabe onde mora, que nunca viu quem está do seu lado, e, especialmente, que não tem a menor ideia de onde foi parar o amor da sua vida.Se alguma vez passar por isso, saiba que você não é a única.Eu não conheço a sua história, mas a minha é mais ou menos assim...


Áurea lê uma reportagem mostrando o convite de casamento de seus pais, e que quase acabou em tragédia, ela começa a lembrar de quando sua mãe estava grávida e a suposta amiga do casal, Malleville, começou a tentar fazer com que seu pai traísse a esposa, o pai não caiu na armadilha, e ela, para vingança fez algo imperdoável, tirou Áurea de seus próprios pais

 ''Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela do reino. Era também meiga, inteligente e talentosa."

Notícias sobre o sequestro da filha do casal começam a se espalhar, e a vilã Malleville foi encontrada e presa, graças a um primo da personagem que viu o sequestro, mas é solta até o final do tribunal, porém, ela foge e deixa ameaças a família, de que a filha deles não estará segura até atingir a maioridade, e estará de olho a cada passo dela. Sem mais saber o que fazer, a familia solta um boatos sobre Áurea ter morrido asfixiada aos 5 anos, para que a vilã pare de a seguir. Mas na realidade a menina é levada para o Brasil afim de ser protegida por seus tios.

Ela se mudo para a Europa com o objetivo de viver em paz, e não voltaria do Brasil até que o caso do sequestro fosse esclarecido. Lá ela morava com seus tios, já que seus pais supostamente morreram. Quando seus tios contam sobre o sequestro e Malleville, ela pensa que tudo é apenas uma história inventada por seus tios para ela imaginar como era sua vida. Ao completar 11 anos eles decidem que é melhor mandarem ela para um internato para garotas, após Áurea prometer que nunca ira contar a história de sua infância para ninguém.

"Todos a admiravam. Todos queriam estar perto dela. Todos queriam fazê-la feliz, pois o seu sorriso iluminava o mundo inteiro."

Mas ela cresce, e seus tios não deixam ela dormir na casa de suas amigas e nem sair do internato. Áurea só queria ter liberdade e  no seu aniversário de 16 anos suas colegas planejam uma fuga, e depois da volta ela recebe uma mensagem anônima, e logo descobre que é de Phill, um garoto de 19 anos que ela nunca viu na vida. A troca de mensagens muda o humor da protagonista, que começa a ter sentimentos controversos e conversas mais pessoais.





Se você leu minha resenha  de Fazendo meu filme, sabe que foi a autora Paula Pimenta que me introduziu ao universo literário, por isso hesitei em comprar seus outros livros, não queria estragar a imagem que tenho da autora, havia um medo enorme de me decepcionar com seus novos livros. Mas então Princesa Adormecida chegou, e quando fui perceber já estava lendo e adorando mais uma vez com gostinho de quero mais, que só ela consegue transmitir aos leitores.


O livro é uma releitura do tão famoso conto de fadas da Bela adormecida, mas tem seu brilho próprio, conseguindo ser diferente, ao mesmo tempo que a inspiração percorre as entrelinhas. Não é necessário ler Cinderela Pop antes desse, mas a uma referência da protagonista dele na obra. Narrado em primeira pessoa, Áurea começa o livro se relembrando dos fatos, da sua vida depois dos 5 anos, quando foi dada como morta, da sua ida ao internato e de suas conversas com Phill. E no final do livro ela relata o presente, depois de suas memórias e nos conduz ao final.

"Um dia, apareceu uma bruxa e resolveu dar um fim naquela felicidade toda."

A protagonista foi um tanto irresponsável ao começar a trocar mensagens com quem não conhecia pessoalmente, e, não sabia se era um hacker ou alguém com intenções não tão boas. Ela tem ''sede'' por liberdade, quer de qualquer jeito que seus tios deixem ela sair. Mas ela consegue ser cativante, e envolve o leitor com seus medos, inseguranças e erros de adolescentes.


Temos a apresentação de algumas meninas do internato, do primo de infância da protagonista, das lembranças de seus pais, dos seus tios, e até de Phill, que deram  um bom plano de fundo. Também gostei de saber como a personagem lidou com a tal morte dos pais.

"A princesa caiu em um sono profundo e por isso o reino inteiro se entristeceu. Os dias ficaram nebulosos. As noites perderam as estrelas. "

Como foi dito, Áurea passa a acreditar que as histórias sobre Malleville e a vingança contra sua família são apenas histórias inventadas, não dando tamanha importância aos acontecimentos. Confesso que gostei dessa parte, no final do livro conseguimos perceber como a vilã mudou a vida dessa família, levando todos seus membros aos mais variados caminhos.


Mas algo que me arrebatou de verdade foi a escrita da Paula Pimenta, que continua sendo essencial e na medida certa para os jovens que querem criar o gosto pela leitura. Sempre leve e fluída, as páginas voam, e é como se estivéssemos conversando com a personagem. Ela conseguiu mostrar o passado sem ser cansativo, com um enredo longo e que tinha tudo para ser confuso, mas com seu toque único conseguiu inserir o leitor nos cenários, e, nessa belíssima releitura, cumpriu o papel de criar um conto de fadas moderno, mesmo que o ''felizes para sempre'' demore a chegar. Mas é como dizem: Eu leria até lista de mercado se fosse da Paula Pimenta.

"Mas ninguém contava com um detalhe: o coração da princesa ainda batia dentro de outro coração..."

O que me fez dar 4 estrelas foi o próprio romance, ao mesmo tempo que me deixou feliz e com borboletas no estômago ele foi rápido, como se alguém conseguisse já estar morrendo de amores por alguém depois de 5, ou menos mensagens, não conhecendo a pessoa, nem sabendo se é de confiança, esperava mais dessa parte.


O final foi previsível para mim, que no início do livro já criou 1001 suposições, mas Paula Pimenta conseguiu dar seu charme e se tornou um final fofo, e, eu quis que o livro tivesse mais páginas, senti aquela necessidade de saber mais sobre o futuro dos personagens. Mas acho que em Princesa das Águas tem alguma referência a esse livro, já que nele conseguimos encontrar referências ao ''anterior''.

"Então, de repente, ela acordou. "

A edição está linda, a capa tem uma ilustração que pessoalmente é melhor admirada, a fonte não é a que mais me agrada quando vou ler, mas também não tem grande importância. Não encontrei erros de revisão.


Por fim, Princesa adormecida foi um bom livro. O romance poderia ter sido melhor, mas a autora conseguiu mostrar novamente todo seu talento. Se você não leu nada de Paula Pimenta, está perdendo seu tempo. Ela encanta e conquista os leitores de uma maneira que o livro acaba, mas é como se os personagens  continuassem conosco. Agora irei ler Cinderela pop, e espero que continue gostando tanto assim

"E trouxe cada um dos seus sonhos para a realidade "

18 comentários:

  1. Eu amo a escrita da Paula. Comprei esse livro porque sou louca por releituras e ela me conquistou com.uma história com enredo adolescente e bem contada. Esse livro li em poucas horas. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Maria Fernanda, não sou muito chegada em ler livros com personagens adolescentes, mas uma releitura de Bela adormecida chama muito minha atenção. Também não conheço as obras da autora Paula Pimenta (adolescentes, né? rs), mas sua resenha me deixou encantada e fiquei curiosa para conhecer sua escrita. Abraços

    ResponderExcluir
  3. oie, que bacana ver que você gostou desse livro e que a autora continuout te cativando exatamente como nos outros livros. Acho muito bacanas livros com releituras de contos de fadas, e achei sensacional esse com cenário brasileiro e tudo mais. Realmente, o livro é bem curtinho, acho que eu leria em poucas horas. Tomara que você goste do outro sobre releituras.

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu já li os dois primeiros livros dessa série, e amei de mais. Sou muito fã da escrita da autora, e por isso quero ler Minha Vida Fora de Série. A protagonista foi um tiquinho de irresponsável ao trocar mensagens, mas mesmo assim deixou a história bem legal e eu super me envolvi. Quero muito ler Princesa das Águas, até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu nunca li os livros dessa autora, mas ela parece ser muito boa no que escreve, embora eu não seja bem o público alvo dela. De qualquer maneira, eu adoro releituras, principalmente daquelas histórias que eu mais gosto. Ler bela adormecida com um ar novo deve ser uma delícia, principalmente quando a autora sabe o que faz. De fato a protagonista foi um tiquinho irresponsável, mas atire a primeira pedra quem nunca trocou mensagens online com alguém que não conhecia.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu não conhecia nem a autora e obra.
    Mas enquanto lia sua resenha cheia de altos e baixos , ora vc amava a historia e enaltecia a autora , ora vc esperava mais. Fiquei confusa rs
    De qualquer forma a premissa deste não me agradou. Mas com tantos elogios a autora quem sabe um outro. O nome dela já anotei.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu acho a capa desse livro muito bonitinha. Ainda não li nada da autora mas eu sempre fico com uma pontinha de curiosidade, não é bem o meu gênero e não sou o público alvo da obra, mas sei que é uma leitura muito gostosa e que provavelmente eu vou amar quando for ler.

    ResponderExcluir
  8. Eu amo essas releituras de contos de fadas. Nunca li nada da Paula Pimenta, até por um pouco de preconceito... tenho a impressão de ser algo pra uma idade específica, aí fico com receio de não curtir. Mas pelo que li aqui, parece ser um leitura bem gostosinha e leve. Assim que possível, irei me arriscar.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  9. Oie...
    Eu simplesmente amo releituras de contos de fadas e esse foi o principal motivo que me fez ler PRINCESA ADORMECIDA, a leitura em si é muito fofa! Achei muito interessante a forma que a autora trabalhou sobre conhecer alguém através de uma tela e suas consequências. Também achei o final previsível, mas, não me incomodei.
    Já li CINDERELA POP e também amei, agora, estou aguardando o momento certo para ler PRINCESA DAS ÁGUAS.
    Beijos e parabéns pelas fotos e resenhas.

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro releituras! Que bom saber que a Paula trouxe uma história boa e diferente! A edição está muito linda, e o que é esse pop funko? Que perfeito, as fotos ficaram lindas! *-* Sobre a obra, deve mesmo ser uma leitura muito leve e rápida, fiquei curiosa para ler esse e os outros livros da coleção.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Esse eu não conhecia.
    Olá! Eu já li algumas resenhas sobre o cinderela pop, mas essa da bela adormecida, eu não tinha lido nenhuma ainda. Bom, acho que como a maioria dos comentários acima, eu também não faço parte do público alvo da autora, por isso o livro não desperta o meu interesse pela leitura, mas com certeza, é um livro que eu compraria para dar a minha sobrinha de 12 anos. Dica anotada!
    Bjks

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho esse livro aqui em casa mas ainda não tive a oportunidade de ler. É a primeira resenha que leio desse livro é gostei do que a leitura reserva. Não tinha ideia sobre os pontos da história.
    Mesmo com um romance um pouco a desejar (eu também não sou amores com alguém que acabo de trocar mensagem), o livro me chama a atenção justamente por não ser cansativo e ter uma leitura fluída.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  13. Oi Maria, tudo bem?
    Eu quando li esse livro já comecei pensando, é besteira, vai ser mimimi até o final e me surpreendi pois o li em um único dia e a história é maravilhosa ♥. Paulo escreveu muito bem e depois dele eu li o Cinderela Pop que também é muito bom. To louco para ler o princesa das águas.

    ResponderExcluir
  14. O livro que li foi o da Cinderela pop! Eu só amores por esses livros dela. Pen que são caros. O que mais gosto na escrita da Paula é o tom de humo que ela consegue dar para suas personagens. Essa será a minha próxima leitura e, por isso eu não li a descrição do enredo só li sua opinião. O que me trouxe uma certeza ainda maior para leitura.

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Minha irmã é muito fã da Paula Pimenta e apesar de ouvir coisas sobre essa autora o tempo todo, eu nunca tinha me interessado por uma obra dela.
    Eu já tinha visto a sinopse desse livro e percebi que era uma releitura de um dos mais famosos contos de fadas, que aliás é o meu preferido desde a infância. Esse talvez, foi o único da autora que despertou a minha atenção, mas não sei se irei ler algum dia. Pela sua resenha a escrita da Paula Pimenta é instigante e deixa aquele gostinho de quero mais. Bom saber, pois isso aumentou as chances de ler esse livro.

    Abs, parabéns pela resenha e torço para que Cinderela Pop te agrade tanto quanto Princesa Adormecida te agradou! ^^

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Acho que não tem uma pessoa no mundo que não conheça a Paula Pimenta, mas você acredita que nunca li nada dela? Esses livros de releitura despertam minha curiosidade, mas não consegui comprar meus exemplares.
    Gostei de saber que a protagonista precisa ficar adormecida por um tempo para que possa viver, acho que o sacrifício que os pais fizeram foi algo legal, mas e a proteção da polícia?
    É uma pena que o romance tenha acontecido tão rápido.
    Não consigo definir se quero ler, pois vejo pontos bem positivos e negativos. É, acho que vou esperar um pouco.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. A capa do livro é muito bonita! E a premissa muito boa, deixou-me bastante curiosa e interessada. Parece ser um livro muito fofo. Pena o final ter sido previsível, mas ainda assim, eu encararia a leitura. Nunca li nada da autora, quem sabe começo por esse livro.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  18. Oi Maria Fernanda, tudo bem?
    Eu li o livro um tempo atrás e me apaixonei pela escrita da Paula, foi meu primeiro contato com ela e desejo ler mais coisas com certeza. Realmente é uma leitura leve e fluida, difícil não se encantar com a personagem e sua simplicidade. Também estou bem ansiosa para ler as continuações. Espero ver as resenhas por aqui :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir