01 março 2017

[Resenha] Era uma vez no outono - Por Lisa Kleypas



Título: Era uma vez no outono
[As quatro estações do amor #2]
Autor (a): Lisa Kleypas
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Skoob || Encontre

Sinopse: A jovem e obstinada Lillian Bowman sai dos Estados Unidos em busca de um marido da aristocracia londrina. Contudo nenhum homem parece capaz de fazê-la perder a cabeça. Exceto, talvez, Marcus Marsden, o arrogante lorde Westcliff, que ela despreza mais do que a qualquer outra pessoa.
Marcus é o típico britânico reservado e controlado. Mas algo na audaciosa Lillian faz com que ele saia de si. Os dois simplesmente não conseguem parar de brigar.
Então, numa tarde de outono, um encontro inesperado faz Lillian perceber que, sob a fachada de austeridade, há o homem apaixonado com que sempre sonhou. Mas será que um conde vai desafiar as convenções sociais a ponto de propor casamento a uma moça tão inapropriada?

Resenha Anterior
As quatro estações do amor #1 - Segredos de uma noite de verão


"- Uma fachada bonita não é o suficiente para compensar as falhas de caráter dela.
- Que são...?
Marcus emitiu um leve som de mofa, como se os defeitos da Srta. Bowman fossem óbvios demais para requerer enumeração.
- Ela é manipuladora.
- Você também é, querido."

Lillian Bowman era uma jovem obstinada e geniosa dos Estados Unidos que foi passar uma temporada na Inglaterra com os pais, , e vivia solitária com a irmã, nos bailes aos quais eram obrigadas a comparecer, para encontrar um marido inglês, como a mãe de ambas queria. Porém, tudo mudou quando Lillian e daisy conheceram Anabelle e Evie, duas garotas tão solitárias e excluídas como elas, e as quatro, juntas, criaram um grupo chamado Flores secas, e seu objetivo principal era encontrar um marido para cada uma delas. Após os planos para Anabelle serem bem sucedidos e ela se casar com um homem a quem amava, era a vez de Lillian, porém, tudo parecia bastante difícil, até que ela, sendo uma apaixonada por perfume, por ter crescido na fábrica do ppai e ter visto a produção desses odores desde cedo, resolve criar uma fragrância única, com um ingrediente especial e é ajudada por um perfumista, que diz ter colocado um ingrediente que atrairia o amor verdadeiro para a moça.

"- Lillian! - Daisy, que estava alguns passos à frente, se virou, surpresa, para a irmã. - Não é típico de você ser tão pouco caridosa. Pelo amor de Deus, o conde entrou em um prédio em chamas para salvar nossa amiga e o marido dela... o que mais um homem tem de fazer para impressioná-la?
- Estou certa de que Westcliff não está nem um pouco interessado em me impressionar - disse Lillian. Ouvindo o tom zangado na própria voz, ela estremeceu, mas mesmo assim continuou: - O motivo de eu detestá-lo tanto, Daisy, é que ele obviamente me detesta. Considera-se superior a mim de todos os modos possíveis: moral, social e intelectualmente... Ah, como eu queria encontrar um meio de deixá-lo chocado!"

Descrente disso, mas disposta a experimentar, logo ela segue para a casa de campo de Marcus Marsden, conde de Westkliff com os pais, para uma semana de festas e caças, mesmo contra a sua vontade. Ao mesmo tempo, Lord Marcus se vê tão contrariado quanto a moça, e não deseja receber todas aquelas pessoas, que atrapalharão sua rotina, principalmente Lillian e ambos desejam manter o máximo de distância um do outro. Porém, assim que lillian chega, contrariando instruções da mãe, ela e a irmã vão dar uma volta na propriedade, e precisam voltar logo para casa. Mas para não serem vistas, Lord Marcus as ajuda a usar um caminho alternativo, e quando Lillian e Marcus ficam sozinhos, ele sente o cheiro do perfume e fica completamente fascinado por Lillian, beijando-a. Com o passar dos dias, ambos tentam se convencer que aquilo não passara de um momento, porém, o que era um intenso ódio começa a vagarosamente se transformar em amor, e eles tem de lidar com seus próprios sentimentos e também com as convenções e com algumas pessoas, que desejam que Marcus encontre uma noiva inglesa como ele.

"Até agora Marcus nunca tinha considerado a ideia de se casar como algo além de um dever necessário para preservar a linhagem Marsden. Mas nos últimos tempos lhe ocorrera que seu futuro poderia ser muito diferente de seu passado. Poderia ser um novo começo - uma chance de criar o tipo de família com a qual nunca ousara sonhar. Surpreendeu-o perceber quanto queria isso - e não com qualquer mulher. Não com qualquer mulher que já havia conhecido ou visto ou da qual ouvira falar... a não ser uma que era o extremo oposto do que ele deveria querer. E estava começando a não se importar mais com isso..."

Com um romance leve e divertido, Lisa Kleypas nos apresenta personagens cativantes, bem-humorados e nos prende até a última página.

"- Estou começando a acreditar que me casar com uma mulher idêntica a mim seria a pior decisão que eu poderia tomar."







Li o primeiro livro dessa série há quase um ano, e como depois embarquei em uma outra série de romances de época, deixei-a um pouco de lado, pois gosto do gênero, mas tenho de lê-lo aos poucos, caso contrário, enjoo muito facilmente por os enredos serem muito parecidos. Então, agora, resolvi retomar a série, mas acabava de sair da leitura de uma sequência de vários  livros densos, por isso não me sentia muito preparada para uma leitura leve, e confesso que até metade do livro eu me senti bastante entediada com a leitura, e o livro demorou para começar a me prender, assim como ocorreu com o anterior, chamado Segredos de uma noite de verão. Após a metade do enredo, comecei a ser conquistada por Lillian e por Marcus, e me envolvi seriamente com o romance,, que trouxe alguns desdobramentos inesperados e diferentes que acabaram me surpreendendo e fizeram com que eu gostasse mais da obra.

Como ponto positivo, temos aqui principalmente a personalidade de Lillian, que é, com certeza, uma moça muito além de seu tempo, que quer ser independente, usar roupas e ter comportamentos que fogem do convencional da época, e que quer, principalmente, encontrar o amor verdadeiro. Também, acho bacana a peculiaridade de essa personagem ser dos Estados Unidos, pois a maioria dos romances de época que temos por aí, trazem protagonistas apenas inglesas. Além disso, o livro traz situações um pouco engraçadas, relacionadas aos comportamentos dos personagens, que são ranzinzas e geniosos. Ainda, gostei demais do modo como a história se desenrolou e de certa forma, da quebra do tradicionalismo, sobre o qual não posso falar, pois seria um imenso spoiler.
Porém, nem tudo foram flores, e algumas coisas acabaram me incomodando um pouco, como a demora em eu sentir uma conexão real com o livro, e senti que a parte introdutória foi muito grande até chegar em algo realmente interessante. Também, senti um pouco de falta de mais interação das amigas, pois estas existiram, mas foram bastante rápidas e não senti a amizade tão explorada nesse livro. Além disso, no primeiro livro, achei que a autora abordou um pouco do que acontecia no mundo na época, como a revolução industrial, e nesse livro, o foco foi maior somente nos personagens.

Falando em personagens, gostei muito de Lillian, que se mostrou uma moça destemida e corajosa, e que enfrentava tudo o que necessário. Marcus, também é um personagem cativante e é interessante observar a sua transformação, apesar de rápida. Houve outra pessoa que me deixou na dúvida entre me sentir cativada e odiá-lo, lord St. Vincent, que será protagonista do próximo livro, e me sinto um pouco ansiosa para acompanhá-lo. Esse livro também traz uma vilã bastante real e um pouco mais cruel do que geralmente encontramos nos romances de época.
O livro é dividido em 25 capítulos, além de um epílogo, que traz uma cena final desse livro, e traz também um pequeno trecho do livro seguinte, que me deixou bastante intrigada. A narração é feita em terceira pessoa e não encontrei erros.

Recomendo a obra para os fãs de Lisa Kleypas ou para aqueles que não a conhecem, mas que gostam de bons romances de época. Apesar de não ter influências diretas com o primeiro livro, vários acontecimentos anteriores são mencionados aqui, por isso recomendo que a série seja lida na ordem.

20 comentários:

  1. Eu também ja fiz essa leitura, e por mais que seja suspeita ao comentar, sempre recomendo muito, e admiro demais a escrita da autora. Para quem gosta de romances de época realmente é uma ótima pedida. Sobre os personagens, preciso concordar com você e dizer que também gostei bastante do desenvolvimento de Lilian.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oi Tamara, li apena só primeiro livro desta serie e embora muitas pessoas digam que ele é fraco, confesso que foi uma leitura excelente pra mim, por isso, pretendo seguir com a serie. Amei as suas considerações sobre este volume aqui e acho que vou gostar ainda mais.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Lilian e Marcus são o meu casal favorito desta serie da lisa!sou mega viciada em livros de época e este livro me transportou a grandes histórias me encantou e cativou de uma forma linda!li em um dia não consegui largar

    ResponderExcluir
  4. Oie! Ainda não li nada,de Lisa Kleypas até baixei pra conhecer um ebook no site da Amazon de tanto que ouço falar bem, eu gosto de romance de épocas mas faço como vc deixo passar um tempinho pq senão fico na mesmice. Gostei muito de saber sua opinião!

    ResponderExcluir
  5. Olá amore,
    Sou fascinada pelas capas desses livros que estão sendo publicados nessa temática, mas o gênero não me atrai, pelo menos nesse momento, então passo a dica.
    Adorei sua resenha e os quotes, ainda assim confesso que não tenho muito ânimo pra ler.
    Beijoka!

    ResponderExcluir
  6. Gosto de enredos de época e esse toque de humor é sempre bem vindo pra mim. Realmente é ruim quando a história demora a engrenar, entendo que é preciso nos situar no contexto e ambiente, mas é preciso ser criativo para não ficar cansativo. Geralmente gosto de variar os gêneros entre um livro e outro, pq tb me canso às vezes.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  7. Não curto romance de época e nunca li nada da Lisa,então não posso opinar muito,só sobre sua resenha que me pareceu bem sincera.

    ResponderExcluir
  8. Oiiie
    muito legal sua resenha, como sempre romances de época ainda não fazem meu forte mas ao mesmo rola uma curiosidade por alguns, gostei do romance que rola nesse, achei bem instigante

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie! Eu sou louca para ler romances de época e nem sei dizer o motivo de nunca ter lido. Já acompanhei algumas resenhas dessa série e minha ansiedade para ler é enorme, porque gosto muito de ver quando as personagens fogem do que é esperado delas. Achei bem legal a ideia de fazer um livro para cada amiga e já fiquei empolgada para ver qual seria meu casal favorito, hah. Sua resenha ficou fantástica! ♡

    Beijos,
    Fernanda Goulart

    ResponderExcluir
  10. Oi Tamara, tudo bem?
    Eu quero muito conferir essa série pois não li quase nada de romance de época e estou curiosa para descobrir se o gênero irá me agradar tanto quanto espero. Pelas suas impressões, esse livro me parece muito interessante por você mencionar que ao invés de ingleses, temos personagens americanos e que também há uma quebra de tradicionalismo, eu adoro isso! Com certeza irei ler e pode deixar que vou seguir a ordem.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Olá!!
    Amo essa serie e qnd li o primeiro fiquei aguardando ansiosa por esse da Lilian..gostei?muito,mas não tanto quanto eu tava esperando que eu iria gostar,como vc também senti um pc de falta das amigas e por a Lilian ser dada mesmo no sentido de dar a cara a tapa e tudo e ser bem pra frente do que as outras senti muita falta do cara a cara com o Marcus mas no todo eu adorei..Apesar de esse não ser meu preferido da serie ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2017/03/resenha-ao-seu-encontro-abbi-glines.html

    ResponderExcluir
  12. Oie! Tudo bem?

    Eu amo as capas dos livros dessa autora, acho que até já citei aqui, mas como sempre falta algo em suas histórias que me convençam a realizar a leitura, e olha que já li muitas resenhas positivas, quem sabe futuramente eu de uma chance para a Lisa, por hora passo a dica!

    BJss

    ResponderExcluir
  13. ooi, tudo bem?
    Logo de cara: tem link da resenha anterior, adorei!
    Gostei de ter criticado, e ter sido honesta por ter demorado para prender ela durante a leitura e você evitou falar dos desenvolvimentos da historia, muito bom.

    Achei que você falou um pouco demais da premissa, podia ter segurado um pouco mais...
    Mas, em geral, muito bem aprofundado. Goste e gostei muito!
    (obs: eita blog lindo <3 )

    Beijinhos ღ

    ResponderExcluir
  14. Oi, eu sempre amo romances de epoca e não enjoo facilmente, mas devido ao tempo de diferença de lançamento entre os livros me fez também ler bem depois a continuação e não ter aquela ligação com a série e os personagens que eu não lembrava mais bem. No entanto, tive que dizer que ao contrário de você, desde o momento que iniciei a leitura eu gostei e me vi envolvida e rindo horrores com o que esse perfume era capaz de fazer. Achei bem legal a história e a sua apresentação dela, me fez relembrar dessa obra que já faz meses que li. Recomendo a todos que gostam de um romance na dose certo com direito a confusões e risadas! Ah, e o último é o melhor de todos da série <3
    Um beijo
    http://www.brookebells.com/

    ResponderExcluir
  15. Oie...
    Já li algumas resenhas dessa série, mas não consigo sentir interesse por ela... :(
    Não gosto muito de romances de época, e como você mesma disse, sinto que os enredos são sempre muito parecidos, por isso tenho um pouco de preguicinha...
    Mas gostei da parte que você disse sobre a personalidade de Lilian, e a quebra do tradicionalismo, acho interessante quando as autoras de romance de época fazem isso...
    Ainda assim, não me senti atraída hehehe
    Obrigada pela dica, um beijo!

    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  16. Olá! Adoto quando a personagem é destemida e corajosa. Que bom que ambos os personagens - Lilian e Marcus - são cativante e interessante. Personagens de nos deixa na duvida se amamos ou odiamos ele também são interessante. Dica anotada. Beijos'

    ResponderExcluir
  17. Me senti representada por você, se eu ler um romance de epoca eu preciso de um bom espaço de tempo para ler outro e não me entendiar, essa é uma serie que eu gostei do conceito e quero sim ler só não sei quando irei começar a fazer isso, espero que ainda esse ano pois quero dar uma chance ao gênero

    ResponderExcluir
  18. Nunca li nada dessa autora, acredita? Por falta de oportunidade (e um pouco de interesse, talvez.). Li coisas ótimas sobre essa série, até tenho vontade de adquirí-la um dia, mas não sei... HUahuahua!

    Eu entendo Marcus!!! HUhauhuahuah odeio que atrapalhem a minha rotina! Sou muito apegada a ela e quando tenho que sair, quase choro! Sou uma pessoa de padrões!

    Quanto aos personagens, adoro quando as moças são protagonistas em suas próprias histórias, assumem as rédeas de suas vidas! Ninguém merece mais histórias de coitadinhas e coitadinhos, tá doido!

    Ótima resenha!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  19. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que já li alguns romances de época e gostei bastante, mas ainda não me rendi ao gênero. Esse livro eu já li muitos comentários positivos sobre e tenho curiosidade em ler algo da autora, por essa razão fiquei animada com sua resenha. Gostei de ler seus comentários sobre a protagonista, a Lilian parece ter uma personalidade muito cativante mesmo e fiquei animada ao ver que há cenas engraadas. Enfim, parece ser uma boa leitura mesmo, por isso espero ler algum dia e gostar também.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. olá! Confesso que por duas vezes tentei ler livros da Lysa, mas não me identifiquei, pois geralmente fico muito entediada. Minha primeira tentativa foi com "Segredos de uma noite de verão " e depois com "Era uma vez no outono".
    sua resenha foi bem sincera e o livro foi muito bem apresentado.Quem sabe algum dia não dou mais uma chance.Beijos!

    ResponderExcluir